loading...

GNR com álcool tem acidente em Pombal




Sargento-chefe da GNR de Aveiro acusou taxa-crime de álcool (1,51 g/l).

Um sargento-chefe da GNR de Aveiro foi detido por colegas do posto de Pombal, depois de se ter despistado com uma viatura caracterizada, com a qual alegava estar em patrulha. Além de ter acusado taxa-crime de álcool (1,51 g/l), não tinha documentos que o habilitassem a conduzir a viatura da GNR.

O sinistro ocorreu pela 01h40 de quinta-feira, em Rabã, Pombal. A patrulha encontrou o condutor fora do carro. Os militares depressa verificaram estar perante um colega, pois o mesmo estava fardado e com arma no coldre. O primeiro teste de alcoolemia feito no local acusou positivo.

Por não poderem deter um superior hierárquico, os militares chamaram um sargento-mor. Conduzido ao posto de Pombal, o sargento-chefe acusou 1,51 g/l de taxa de álcool. Teve de ser conduzido ao hospital, pois aparentava estar ferido. Por ordem do Ministério Público, o caso baixou a inquérito. Fonte oficial da GNR confirmou ao CM o incidente, referindo que foi instaurado um inquérito interno ao militar.

Fonte: The World News  | Foto meramente elustrativa: Abolatempicos

Comente com o Facebook:

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.